Leandro

Menino medroso, que foi crescendo com garra e determinação e que aos poucos foi perdendo o medo, mostrou para o Brasil inteiro que o amor é o maior e mais sincero sentimento que o ser humano pode ter. Mesmo apesar das contradições era um sonhador, que parecia sério e com seu jeito tímido e meigo conquistou milhares de fãs, que até hoje ouvem o som de sua guitarra e sonham com aquele lindo sorriso e com sua eterna voz suave e doce... Amor sincero e puro... Você marcou demais os nossos corações, o sentimento que temos por você, não sabemos expressar em palavras ou em gestos, apenas sentimos! Você sempre trouxe para nós uma felicidade eterna... Felicidade que encontramos em suas canções, ouvindo sua voz, sonhando contigo e vendo sua eterna herança: seus filhos... Quando acordamos sentimos que estamos no paraíso... Quando olhamos para o horizonte e vemos o pôr-do-sol sentimos como é maravilhoso ser fã de uma pessoa especial: você! Como um sonhador você nos ensinou a sonhar e lutar pelos nossos sonhos... Sonhamos muito, junto com você! Mas hoje, sem você, nos encontramos meio perdidas... Não sabemos para onde vamos... Leandro, você foi real, hoje é um lindo sonho que sonhamos todos os dias e que nunca queremos acordar. Você é nosso eterno talismã, que guardamos com carinho em nossos corações...


Historia de Leandro



Leandro nasceu no dia 15 de agosto de 1961, em Goianápolis. Filho de Avelino Virgulino da Costa e Carmem Divina Eterno da Silva, morou com os pais e mais oito irmãos na roça, onde estudou até o ensino fundamental. Desde criança, Leandro ajudava os pais numa pequena plantação de tomates e jilós.
Mas aquela profissão nunca agradou o sertanejo. O primeiro emprego de Leandro, junto com o irmão mais novo Emival Eterno Costa, o Leonardo, foi no mercado central de Goiânia, como vendedor de sapatos, durante a época de Natal.
Até que Leandro percebeu sua vocação para a música, e chegou a ser vocalista de uma banda chamada "Os Dominantes", que fazia covers de músicas dos Beatles e de Roberto Carlos.
A dupla nasceu em 1983, depois que Leonardo, que era balconista da Farmácia São Benedito, em Goiânia, foi demitido. Depois de ser bóia-fria, Leonardo foi trabalhar como entregador de remédio. Foi promovido, mas não durou dez dias na nova função. Leonardo receitou um remédio errado para uma cliente que tinha micose. Foi despedido e, junto com seu irmão, resolveu formar a dupla.
No começo dos anos 1980, os irmãos levaram suas violas a pequenos bares de Goianópolis e outras pequenas cidades de Goiás. Mas a dupla só nasceu comercialmente depois que chegou aos ouvidos dos diretores da gravadora Continental. Eles ficaram impressionados com uma fita mal gravada com uma música de apenas três acordes. Era a canção "Entre Tapas e Beijos", que se transformaria em grande sucesso.
O nome da dupla foi inspirado em filhos gêmeos de um amigo dos dois irmãos goianos. Com o nome de Leandro e Leonardo, os sertanejos começaram a batalhar no concorrido mercado da música.
Eles mostravam um ritmo sertanejo diferente da antiga moda de viola, que acabou sendo chamado de "sertanejo moderno". Em 1986, a dupla lançou o primeiro disco, que trazia a música "Contradição". O álbum não chegou a emplacar, mas vendeu a razoável quantia de 150 mil cópias.
Mas foi em 1989 que Leandro e Leonardo viraram estrelas. Com a música "Entre Tapas e Beijos", do terceiro álbum, os sertanejos venderam 1 milhão e 300 mil cópias.
Leandro fez parte dos apresentadores do programa "Amigos (Show)" da Rede Globo, juntamente com Zezé di Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó, e seu irmão, Leonardo.
O sucesso era tão grande que, no início dos anos 1990, os ex-plantadores de Goiás foram recebidos na casa do então presidente Fernando Collor de Mello para um show particular. Além das apresentações na Casa da Dinda, Leandro e Leonardo, fizeram shows no Palácio do Planalto.
O quarto álbum, que vendeu quase 3 milhões de cópias, confirmou a consagração dos astros com o sucesso "Pense em Mim", que marcaria para sempre a dupla sertaneja.
Foi a primeira vez que uma dupla sertaneja alcançou essa marca de vendagem. Leandro, responsável pela segunda voz da dupla, nunca negou que sua música se afastava da tradição sertaneja.
Com a renda dos shows e dos discos, Leandro tornou-se um empresário agressivo e bem-sucedido. Formou um patrimônio sólido. Era dono de duas fazendas no Estado de Tocantins e de uma fazenda e uma chácara em Goiás.
No total, possuía cerca de 4.000 alqueires de terra, nos quais criava 6.000 cabeças de gado. Além disso, tinha vários imóveis em Goiânia, entre eles um prédio de três andares que chegou a hospedar um shopping center e um terreno de 15 alqueires dentro da cidade, próximo ao aeroporto.
O grosso dos rendimentos do cantor vinha dos cachês de shows da dupla, que oscilavam entre 35.000 e 50.000 reais por apresentação. As várias campanhas publicitárias que Leandro & Leonardo protagonizaram também renderam um bom dinheiro.

 Vida pessoal

Leandro se casou com Célia Gonçalves nos anos 80 e teve um filho chamado Thiago, que hoje é cantor e faz parte da dupla Pedro e Thiago. Após alguns anos de casamento, os dois se separaram por desentendimentos. Alguns anos depois começou a namorar e casou-se com a ex-modelo Andréa Mota. Em 1995 tiveram uma filha, que recebeu o nome de Lyandra Mota da Costa. Em 1998 nasceu o segundo filho do casal, Leandro Mota da Costa.
Em 2009 foi divulgada a existência de um outro filho de Leandro. O menino é fruto do relacionamento de Leandro com a empregada da casa de seus pais.  Por exame de DNA foi reconhecido a paternidade, o que deixou todos emocionados. O garoto tem uma enorme semelhança com o pai e foi batizado pela mãe com o nome artístico do cantor, Leandro.

Leonardo!!!

    Dia de visita especial no Ocean Towers: nosso cliente   @leonardo   foi conferir de perto esse empreendimento incrível! Instagram...